The Art of Racing in the Rain (2019) & A Dog’s Way Home (2019)


Ambos filmes sobre cães são narrados pelo protagonista de quatro patas. The Art of Racing in the Rain é mais entretido e conta com um drama familiar na narrativa. Já A Dog’s Way Home é inteiramente focado na batida epopeia do cão perdido retornando ao lar e, para piorar, apela a nauseante Nova Ordem na indústria de entretenimento com casal de homossexuais santificado e homens brancos normais apresentados como maus ou ridículos, com exceção do “sensível” jovem protagonista que namora uma mulata e se comporta como uma debutante.


Mas o principal problema com filmes como estes é apresentar os animais com raciocínio e comportamento humanos, enquanto desumaniza determinadas pessoas. A continuar assim chegaremos ao dia em que a vida animal será mais valorizada que a humana, e o Estado estará moralmente autorizado à prática do genocídio como política na criação do “novo homem” para um “mundo melhor”.

The Art of Racing in the Rain (2019): Filme Nota 3 (escala de 1 a 5)

A Dog’s Way Home (2019): Filme Nota 1 (escala de 1 a 5)