top of page

Mel Brooks (1926– )


My movies rise below vulgarity. – Mel Brooks


Depois de criar uma paródia de espionagem com o impagável Maxwell Smart (o agente 86) para a TV, Brooks começa a explorar este gênero no cinema.


Escreveu e dirigiu diversas paródias mas acertou a mão em apenas três:


Blazing Sanddles (1974): Brooks leva seu nonsense ao Velho Oeste, com divertidas piadas sobre raça (bons tempos).


Young Frankestein (1974): Sua comédia mais divertida. Marty Feldman rouba a cena.


High Anxiety (1977): Faz graça com cenas marcantes dos filmes de Hitchcock (há referências a 17 filmes do mestre). Só a cena do “jornal” já vale o filme.

Comments


bottom of page