Captive State (2019)



As personagens são mal construídas e não há dramaticidade na situação de ocupação. Mas o pior é colocarem a resistência na mão de mulheres, negros, gordos, gays e imigrantes. É ridículo.


A tola política de forçar o número de atores negros nos filmes, como protagonistas ou não, também não ajuda em nada. Se ao menos houvesse bons atores negros, mas isso é raro, e inexistente neste filme.


O esforço de reengenharia social através do nefasto politicamente correto está matando o cinema.


Filme Nota 1 (escala de 1 a 5)

©2019 by Cultura Animi