Blade Runner (1982) & Blade Runner 2049 (2017)


O filme Blade Runner original de 1982 é uma alegoria do homem inconformado com sua mortalidade e revoltado com Deus. A história bem contada e o capricho na produção fazem deste um grande filme. Filme Nota 5 (escala de 1 a 5)

Infelizmente sua sequencia (Blade Runner 2049) não faz justiça ao primeiro filme. Ao invés do mito da revolta contra o criador temos a ideia bundalelê das máquinas superarem o homem, ou seja, uma forma nada disfarçada de apelo gnóstico à necessidade de um novo homem.

Filme Nota 2 (escala de 1 a 5)