Vida e Morte do Rei João de William Shakespear


Personagens Principais Rei João – conhecido como Joao Sem Terra Filipe – o Bastardo, filho ilegítimo de Ricardo Coração de Leão Artur – duque da Bretanha, sobrinho do rei Rainha Eleonor – mãe do rei João Constança – mãe de Artur Hubert de Burgh – nobre fiel ao rei

Personagens Secundárias Filipe – rei da França Luís – delfim, filho de Filipe Branca de Espanha – sobrinha do rei João Cardeal Pandolfo – legado do papa Limoges – duque da Áustria Condes de Pembroke, Essex e Salisbury – nobres revoltosos Principe Henrique – filho do rei João

Interpretação O drama inicia com a questão de legitimidade, tanto ao trono (Inglaterra) como a herança (sir Roberto Faulconbridge). A mensagem da peça é fortemente patriótica e prega o respeito a linha de sucessão. Filipe, o Bastardo, que poderia facilmente ser rei pela força, é o primeiro a reconhecer o direito do príncipe Henrique e diz:


“Jamais teremos causa de pesar se, na paz como na guerra, fiel a si mesma for, sempre, a Inglaterra.”


O princípio geral é que todas as ideologias, distanciadas do direito natural, são, mais cedo ou mais tarde, dominadas pelo cinismo e defendidas pela histeria.



Notas

  • William Shakespeare (1564-1616) em Stratford-upon-Avon, Inglaterra. Era católico num mundo protestante.

  • Shakespeare escrevia, dirigia, produzia e atuava em suas peças. Deixou-nos a maior obra teatral do mundo moderno.

  • Vida e Morte do Rei João foi escrita entre 1596 e 1597. É o drama histórico cujo rei é o mais distante no tempo. João reinou entre 1199 e 1216.

©2019 by Cultura Animi