Sonho de Uma Noite de Verão de William Shakespeare


Personagens Principais Teseu – duque de Atenas Hipólita – rainha das amazonas, noiva de Teseu Oberon e Titânia – reis dos elfos Hérmia – filha de Egeu, apaixonada por Lisandro Lisandro e Demétrio – apaixonados por Hérmia Helena – apaixonada por Demétrio

Personagens Secundárias Egeu – pai de Hérmia Filóstrato – diretor de festas da corte de Teseu Puck – ou o Bom Robim Quince, Snug, Bottom, Flauta, Snout, Starveling – artesãos Flor-de-Ervilha, Teia-de-Aranha, Traça, Semente-de-Mostrada – elfos

Interpretação A peça segue o esquema da Comédia Nova de Plauto e Terêncio onde, geralmente, uma primeira parte estabelece uma situação oposta àquela que a plateia reconheceria como correta, seguida de outra parte na qual surge uma série de complicações, para, finalmente, numa etapa final aquela situação inicial ser revertida. Shakespeare acrescenta a esta fórmula o fantástico e o uso de personagens nobres.


A ameaça de morte de Hérmia se enquadra dentro de um padrão de morte, desaparecimento e regresso que encontramos no cristianismo (sexta-feira santa – morte, sábado de Aleluia – desaparecimento, e domingo de Páscoa – regresso) e observamos na Lua que míngua, desaparece e reaparece. Três estágios alinhados com o esquema da Comédia Nova.


O título da peça enfatiza a diferença entre os dois mundos da ação: o mundo da vigília, da corte de Teseu, e o mundo encantado de Oberon. Em ambos os mundos vemos uma crescente ascendência de Teseu/Oberon sobre Hipólita/Titânia simbolizando a resolução da peça: a ascendência do Espírito no casamento do Céu com a Terra.



Notas

  • William Shakespeare (1564-1616) em Stratford-upon-Avon, Inglaterra. Era católico num mundo protestante.

  • Shakespeare escrevia, dirigia, produzia e atuava em suas peças. Deixou-nos a maior obra teatral do mundo moderno.

  • Sonho de Uma Noite de Verão foi escrita para ser representada nos festejos de um casamento nobre que contou com a presença da Rainha Elisabete (a vestal a que se refere Oberon). Encenada pela primeira vez entre 1595-96, é publicada em 1600.

  • Midsummer (o meio do verão) do título original remete ao solstício de verão (1° de maio), pois originalmente havia apenas três estações: verão, outono e inverno; o verão incluía a primavera e começava em março. É uma data assombrada, quando os espíritos da natureza, benévolos e maléficos estão à solta. Corresponde a Noite da Walpurgis representada em Fausto. Outra data assombrada com estas características é Halloween (31 de outubro).

  • Comédia Nova é assim denominada para diferenciar-se da Comédia Antiga de Aristófanes, que era cheia de ataques a alusões a pessoas e acontecimentos verídicos.

  • Citações famosas: "The course of true love never did run smooth". – (Act I, Scene I) "Love looks not with the eyes, but with the mind, and therefore is winged Cupid painted blind". – (Act I, Scene I)

©2019 by Cultura Animi