Tio Vânia de Anton Tchekhov



Personagens Principais Ivan Voinítski (Vânia) – administrador das terras da família, 47 anos Alexandre Serebriákov – professor aposentado, ex-cunhado de Vânia Helena Andreiévna – jovem esposa de Alexandre, 27 anos Sônia Alexandróvna – filha de primeiro casamento de Alexandre Mikhail Àstrov – médico de meia idade do interior Personagens Secundárias Maria Voinitskaia – mãe de Vânia, ex-sogra de Aleksandr Iliá Teéeguine – proprietário rural falido que vive na dependência dos Voinitskaia Marina Timo (Nunú) – velha enfermeira da casa


Interpretação A chegada de Alexandre e Helena provoca uma ruptura na vida interiorana de um grupo de pessoas ao redor da casa dos Voinitskaias. Vânia, Sonia e Àstrov tinham problemas e não eram felizes. Mas agora tudo está em suspenso. Vânia e Àstrov têm interesse em Helena, esta não é indiferente a Àstrov, e este último é amado por Sonia. Alexandre e Helena são também infelizes.


O clímax é alcançado quando o egoísta e insensível Alexandre revela seus planos de vender a casa. As emoções irrompem e, apesar do pior ter sido evitado, ninguém consegue o que queria e o casal vai-se embora. Como diz Àstrov: “E finita la comedia!” – a janela aberta na existência daquelas pessoas se fechou.


A rotina é reestabelecida e todos retomam a vida anterior. Aquilo que acreditaram toda sua vida, mas recusavam a aceitar, se confirmou. Agora ninguém mais tem ilusões sobre esta vida, conscientes que somente na próxima terão descanso.


Sônia: “Nós descansaremos!


Dramaturgia da inação de Tchekhov, a vida monótona do ser humano da qual ele não consegue sair.


Notas

  • Anton Tchekhov (1860-1904) nasceu na Rússia.

  • É o principal dramaturgo russo e mestre na arte de escrever contos.

  • Representante do movimento realista, a vida ordinária ao palco, modificando também a forma de uma peça, e.g. sem clara distinção de quem é a personagem principal, diferentes conflitos, problemas e desejos, o conjunto sobressai-se ao indivíduo.

  • Tio Vânia é publicado em 1897 e encenado em 1899. Tchekhov a reconstruiu de uma peça anterior O Demônio da Madeira (1888-89).

  • Outras obras destacadas: as peças A Gaivota (1896), As Três Irmãs (1901) e Jardim das Cerejeiras (1904), e os contos Uma História Enfadonha (1889), A Dama e o Cachorrinho (1898) e O Predileto (1898).

  • A personagem Àstrov protege a natureza por amor à humanidade, mas não ama ninguém. Protótipo do messiânico.