A Neve Estava Suja de George Simenon



Personagens Principais Frank Friedmaier – delinquente juvenil (19 anos), filho da dona de um bordel Sissy – adolescente (16 anos) vizinha e enamorada de Frank Gerhardt Holst – condutor de bonde (critico de arte antes da ocupação), pai de Sissy

Personagens Secundárias Fred Kromer – marginal conhecido de Frank Lotte – mãe de Frank Kurt Hamling – inspetor de polícia, possível pai de Frank Bertha, Minna e Anny – prostitutas do bordel de Lotte Wimmer – idoso vizinho de Frank e Sissy Irmãos Vilmos – vizinhos da mãe de criação de Frank, Srta. Vilmos assassinada por Frank

Interpretação Insatisfeito com os rumos da sua vida (mãe dona de bordel, deixado com mãe de criação, sem pai, impossibilitado de estudar, país sobre dominação estrangeira – “Passou a maior parte da vida – ó, quão maior – odiando o destino.” – pecado da ira) Frank desenvolve inconscientemente um sistema de proteção: não quer sentir nada por ninguém, nem por ele mesmo, embrutecendo-se cada vez mais.

Neste processo ele assassina um sargento das forças de ocupação como um rito de passagem para um caminho do qual ele não espera voltar. Segue com o roubo dos relógios e assassinato da Srta. Vilmos que representavam um dos poucos sinais positivos associado a sua infância. Finalmente, quer destruir a dignidade representada por Holst e a inocência e bondade representadas por Sissy.

Frank irá até o fim neste intento (leva Sissy a cama com Kromer). Tão logo ele decepciona Sissy a barreira foi transposta (“Será que ninguém percebeu que ele está do lado de lá e que não tem mais nada a ver com eles?”), restando-lhe apenas a autodestruição. Frank começa a levar uma vida absolutamente desregrada e faz de tudo para chamar atenção sobre seus crimes visando punição, a qual ele finalmente se entrega friamente.

A edificação na qual Frank foi encarcerado era uma escola antes da ocupação e “isso deve ter um sentido”. Parece que Frank começa a entender a si próprio, tomando consciência do processo no qual se afundou. Compara, pela visão da vida de um jovem casal que tem da janela de sua cela, com o que poderia ter sido sua vida. Ele tinha opções, mas tomou o caminho errado. Agora só anseia por algo que virá de surpresa: Sissy ainda o ama, e Holst o entende e perdoa. Ele não conseguiu destruí-los. E, com este “presente”, está pronto para morrer.

Holst representa o pai/Espírito ausente de sua vida. A presença de Holst sempre exerceu um fascínio sobre Frank: “Os olhos de Holst não contém ódio, não são vazios; no entanto, sente-se que não há nenhum contato possível com eles, e é humilhante.” e “Não ligam para ele. Nem mesmo Holst liga para ele e, no entanto, Frank havia feito muito para chamar sua atenção.” E somente sente-se pronto para morrer depois de reconhecê-lo e sentir-se perdoado.



Notas

  • Georges Joseph Christian Simenon nasceu em 1903 na Bélgica e morreu aos 86 anos na Suiça, onde morou a maior parte da vida.

  • Publicou A neve estava suja em 1948. Considerada sua obra-prima por Otto Maria Carpeaux.

  • Título: A neve estava suja. Ela não é nem limpa nem suja, a neve pode estar limpa ou suja. Você tem o poder de decidir como quer ser: limpo ou sujo. Mas “o ofício de homem não é fácil.”

  • Destaca-se pela segurança na construção de enredos e pelo poder extraordinário de criar atmosferas (moral, social ou ambiental).

  • Seu maior sucesso comercial foi a personagem Comissário Maigret (75 romances e 28 contos).

  • O país e as forças ocupantes não são identificados no romance.

  • Otto Maria Carpeaux vê a presença absoluta do Mal em Frank, sem conotações transcendentais.