A Educação Sentimental de Gustave Flaubert


Personagens Principais Frédéric Moreau – jovem enamorado de Madame Arnoux Charles Deslauriers – ambicioso amigo de Frédéric

Personagens Secundárias Marie (Angèle) Arnoux – mulher casada e mãe de duas crianças Jacques Arnoux – marido de Marie Madame Dambreuse – jovem esposa de um banqueiro Louise Roque – jovem do campo enamorada de Frédéric Rosanelle Bron – cortesã de muitos amantes, e.g. Jacques Arnoux e Frédéric Baptiste Martion – estudante de direito, esforçado carreirista alcança a posição de senador Marques de Cisy – estudante de direito, nobre antiquado Sénécal – Professor de matemática, rígido, puritano e republicano Dussardier – simples trabalhador envolvido com os protestos republicanos Regimbart – “o cidadão”, revolucionário chauvinista Hussonet – jornalista que termina controlando o teatro e a imprensa Pellerin – pintor, mais teórico que talentoso Mademoiselle Vatnaz – atriz, cortesã, pretensão de escritora Barthélemy – tio rico de Frédéric

Interpretação Com a pobreza espiritual de Fréderic Moreau, seu egoísmo e apego as meras emoções, bem como com o materialismo exacerbado de Charles Deslauriers, Flaubert faz um retrato cruel da geração por trás dos movimentos revolucionários de 1848.

Uma nova geração, ainda imatura e incapaz, que clama por direitos e sonha com “novo mundo”, mas parece pouco ou nada disposta a qualquer tipo de sacrifícios para alcançar o que almeja. Ao passo que a velha geração quer preservar seus direitos, mas relega a tradição e os princípios que outrora permitiu que os conquistassem. Assim, O romance propicia uma imagem realista da demência revolucionária e das condições que a permitem prosperar.

Mas este aspecto político é apenas o pano de fundo para a indecisão de Fréderic entre o amor ideal que sente pela Mme Arnoux, o amor possível que encontra em Louise Roque, o desejo carnal por Rosanette e a concupiscência inspirada por Mme Dambreuse. O jovem fracassará no amor, assim como seu amigo Charles em seus planos de fortuna. Ambos extremos padecem das virtudes cardeais da prudência e da temperança, valores que parece não terem desenvolvido ao logo deste Buildungsroman.



Notas

  • Gustave Flaubert (1821-1880) nasceu em Rouen, França.

  • Além de A Educação Sentimental (1869) destacam-se Madame Bovary (1857), A Tentação de Santo Antônio (1874) e Três Contos (1877).

©2019 by Cultura Animi