A tática é a mesma, só mudou a pentelha


Em publicidade há um antigo truque de utilizar animais (especialmente cães) e/ou crianças para chamar atenção para um anúncio, especialmente quando os benefícios do produto anunciado têm pouco apelo.


Os globalista não se acanham de usar tais truques. Basta lembrar de Severn Cullis-Suzuki, então com 12 anos, na Rio ECO 92 (segue vídeo):


https://www.youtube.com/watch?v=zMGawx5ZkBg&feature=youtu.be

A pentelha da vez, Greta Tumberg, não passa de uma tática mercadológica requentada dos anos 90 para dourar o engodo ecologista.

Ao menos há três décadas a criança instrumentalizada era menos antipática, mais educada e, aparentemente, mentalmente saudável.

©2019 by Cultura Animi